quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

The Begginers (2011)


Como uma amante da sétima arte sou uma daquelas pessoas que gosta filmes com coração. O que eu quero dizer gosto de filmes com significado, filmes realistas que transmitem alguma mensagem no final... Então não podia perder de nenhuma forma o último trabalho de Mike Mills : Begginers. Portanto fui de preposito ao Norte Shopping ver este filme, pois era o cinema mais proximo que havia... E levei os meus amigos... E agora quero-vos dar um conselho, nunca mas nunca levem os vossos amigos para irem com vocês ver um filme indie, pois para eles indie é igual a seca, seca, e outra vez seca!  Entre perder o metro, por causa de uma certa pessoa que para em todas as montras e entre nunca estar atenta ao raio (eu sei que exagerei aqui um bocadinho, mas tem que compreender a minha situação...) do filme porque tava sempre alguém a contar piadinhas sequinhas como tudo e outros  batatas a dizer "Ei, pá que filme tão seca... Oh, como é que consegues aguentar isto?" a cada cinco minutos do filme... Portanto võcês estão a ver a minha situação e o meu azar ao quadrado.... Portanto resumindo a cena (isto mais parece um filme...) gastei o dinheiro no comboio,  num metro, no bilhete... e para quê? Para nada pois não vi o filme todo pois chegamos 15 minutos, depois era uma roideira das pessoas a mastigar as pipocas (aserio, é preciso fazer assim tão barulho? Nunca ninguem ouviu o termo suavemente?-aparentemente naquela sala não).  Portanto não apanhei o filme, o que é uma grande pena minha, mas aconselho o filme porque pelo menos as partes que eu consegui ver, pareceu-me bom, mesmo bom...  Portanto aconselho, nem que o vejo só mesmo para apreciar o Ewan, que tenho a dizer que está cada vez melhor...




1 comentário:

  1. Vá lá, não foi assim tão mau... Ao menos divertimos.nos! xb

    ResponderEliminar